domingo, 18 de abril de 2010

Gagueira - 63



Logo que eu comecei a fazer hemodiálise, Zé Augusto, meu personal nefrologist, me alertou.  Eu começaria a apresentar um efeito colateral, no mínimo singular.

É que, sei lá por qual motivo, minha perna fica gaga, começando a dar solavancos ininterruptos.

Eu estou lá sentado, na maior boa, e ela ganha vida própria.  Começa a dar espasmos, contrações involuntárias, sobre as quais eu não tenho o menor controle.  Movimentos, como diz minha Bonequinha de Porcelana, da sua própria criatividade.

Tudo bem, uma vez que eu tinha sido alertado.  Mas eles falaram só comigo.  Tem hora em que eu estou sentado no sofá, conversando com mamãe, e a perna começa a solavancar.  Eu disfarço, finjo mudar de posição, mexo com as mãos. 
Engano meio mundo.
Mas o problema é que o outro meio é mamãe.  Tadinha.  Ela entra em pânico.  Percebe logo.
Fica doida querendo que eu mude de lugar, que sente em uma poltrona mais confortável...  Não adianta explicar, que não é nada.

O pior é que, com o frio, a gagueira fica mais recorrente.  É eu entrar debaixo do cobertor e os solavancos começam.
Outro dia eu acordo de noite e Gêisa tinha colocado um rolo tipo travesseiro entre nós dois.
Queria não ser incomodada com os solavancos que eu dava, mas não queria me incomodar.

A solução é relativamente simples, mas tarja preta.  Meio comprimido de clonazepan e eu fico uns quatro dias sem a “síndrome da perna inquieta”, que é como o Zé Augusto, brincando, se refere à gagueira da minha perna.

O troço dá um sono que, invariavelmente, eu perco a hora no dia seguinte.  Mas durmo feito uma pedra.

Eu e Gêisa...

4 comentários:

vivi disse...

sofro mais ou menos disso ai....perna inquieta e comigo mesmo!!!!


bjossadosos

PC disse...

Diogo também é igual a você.
Mas é porque é ansioso.
Doido é, do nada, o trem começa...
Você ia ficar doida, véi.

Adriana disse...

Vou te falar que engana muito bem. Nunca reparei...

Outra coisa, tadinha da tia Geisa... Deve estar cheia de hematomas...

Beijos

PC disse...

Ow, sabe que eu pensei nisto, quando ela colocou o rolo/travesseiro?
Fiquei mó sem gracinha...